Pular para o conteúdo principal

DICAS PARA PEDALAR NO FRIO - STRONG LIFE


DICAS PARA PEDALAR NO FRIO - STRONG LIFE


"O frio não é desculpa para não sair para pedalar, principalmente se o tempo estiver seco, sabendo algumas dicas e praticando, a pedalada pode se tornar até mais gostosa do que naqueles dias de calorão do verão.

O calor é bom, mas quem reside no sul do Brasil pode se considerar um privilegiado, porque pode pedalar e conhecer paisagens diferentes nas quatro estações do ano. O Importante é saber desfrutar das vantagens do clima de cada estação, que na região sul são mais definidas.

No frio você tem outras maneiras de controlar a temperatura, outras paisagens para apreciar, outras frutas para degustar, outros cuidados para tomar.

 




Estas dicas não são definitivas, considere como sugestões, e tire as próprias conclusões, adapte as ao teu tipo de pedalada, use a dica que mais você gostou.

Mesmo que você seja um ciclista experiente, acostumado a pedalar no frio, que tenha bom equipamento, sempre pode aprender ou lembrar de algo que estava esquecido.


 Para estas dicas considera-se fria a temperatura de -4 até 12 graus. Acima de 12 graus já não é mais tão frio, dependendo do local onde você se encontra. Por exemplo, no alto de uma montanha com muito vento você pode sentir muito frio com 12 graus de temperatura.


Aquecimento

Exercícios de alongamento por um período de aproximadamente 10 minutos, dando maior ênfase para os membros inferiores.

Alongue principalmente as pernas e a lombar;

Pedale os primeiros minutos em um ritmo leve aumente a intensidade das pedaladas gradativamente;

Logo depois de pedalar alongue a musculatura mais uma vez.



Alimentos

Com o frio tem-se uma necessidade calórica maior para manter a temperatura do corpo, por isto uma alimentação saudável é muito importante!

Aproveite a estação para comer frutas cítricas que contem uma quantidade maior de vitamina C.

Em dia muito frio e seco é normal ocorrer o ressecamento dos lábios e a ingestão de vitamina C é importante para a recomposição dos tecidos o que ajuda a evitar este ressecamento.

Para pedaladas longas, coma algumas barras de cereais e/ou barras energéticas durante o percurso. Não espere a fome chegar para ir repondo as energias.

Após a pedalada uma xícara de chá ou leite quente sempre é bom para aquecer.




Proteção

O sol em dias frios também causa queimaduras, por isto o uso de protetor solar não deve ser esquecido;

O ar muito frio causa ressecamento da pele por isto pode-se usar loção hidratante para as partes expostas do corpo;

O ar gelado, próximo a zero grau, causa uma espécie de queimadura na pele, mesmo à noite, por isto nas partes expostas do corpo, por exemplo, o rosto, pode-se inclusive utilizar protetor solar, que geralmente funciona também como hidratante;

Para evitar o ressecamento dos lábios deve-se utilizar creme ou óleo especial, o mais conhecido, barato e popular é conhecido como "Manteiga de Cacau" e é encontrado nas farmácias;

O Ar seco, principalmente quando associado à poeira, causa ressecamento nos olhos, este é mais um motivo para o uso de óculos de proteção, evitar futuros problemas de visão.

Quando respiramos o ar gelado é muito freqüente acontecer irritação na garganta, por isto o ideal é inspirar o ar pelo nariz e utilizar roupa que mantenha o pescoço protegido.
Evite limpar os ouvidos em excesso! Parece brincadeira! A cera formada nos ouvidos serve de proteção e somente o excesso deve ser limpo. Não confunda ouvido com orelha!





Ritmo de pedalada

Procure pedalar em um ritmo constante para manter-se aquecido;

Procure parar somente quando é extremamente necessário, fique parado o menor tempo possível e de preferência pare em local mais protegido.

Quando você está pedalando em um ritmo forte, principalmente em subidas, seu corpo fica mais aquecido, quando você para, seu corpo esfria, por isto, nas paradas e descidas longas coloque uma roupa mais quente.

Vestuário

A maior dificuldade é escolher a roupa a usar, cada situação pode exigir um tipo de roupa diferente. A dica principal é não se encher de roupa, por mais que esteja frio, pedalando você vai se esquentar.

Que tipo de roupa usar? O principal é usar roupas leves, térmicas e que não dificultem os movimentos. Existem roupas com tecnologias muito avançadas, capazes de manter o corpo seco e aquecido, porem, são mais caras que as roupas normais, mas são um investimento que compensa.

Vamos dividir conforme as partes do corpo:

Pés

Em um dia seco uma sapatilha ou tênis normal já é o suficiente. Em um dia chuvoso ou no barro o ideal é uma sapatilha especial para o frio. 


Se você não utiliza pedal de encaixe use um tênis ou botinha que isole melhor, ou então que não retenha água, um par de meias grossas também ajuda.

Em caso de improviso utilize sacos plásticos para isolar os pés, prenda-os com fita plástica, mas não abafe muito e não deixe o pé ensacado por muito tempo, também preste a atenção para não prender o saco plástico na corrente da bike.

Uma opção pouco utilizada é cobre botas de neopreme, que são capas para serem colocadas sobre as sapatilhas com uma abertura para encaixe dos tacos no pedal. A desvantagem no mtb é quando você precisa pisar no chão, melhor para pedaladas no asfalto, isola muito bem o pé.



Pernas

Para dias secos, o mais utilizado é a calça ou legging de 'lycra' especial para pedalar, é confortável como uma bermuda. Se o dia está muito frio você pode utilizar uma calça de abrigo leve por cima da calça de lycra, desde que não seja muito larga embaixo, pois pode enroscar na correia.


Uma opção é o uso de calça de Supplex, tecido especial que elimina melhor o suor, mais utilizado por mulheres.


Opção mais versátil é o uso de pernito, ou seja, um par de pernas avulso para ser utilizado em conjunto com a bermuda de ciclista. É leve, confortável e ocupa pouco espaço para transporte.


Mãos

Para as mãos é obrigatório o uso de luvas do tipo full Finger (dedo inteiro).



Segure as mãos na manopla, quando as mãos estão em contato com o metal, por exemplo, do bar ends, esfriam muito mais rapidamente.

Para dias de chuva é necessário o uso de um par de luvas impermeável.



Braços: 

A opção exclusiva para os braços é a utilização de manguito, ou seja, um par de mangas de camisa avulso para ser utilizado em conjunto com camisa de ciclista. Vantagens: é versátil, você pode retirar facilmente quando esquentar é leve e ocupa pouco espaço para transporte.


Para dias muito frios, com chuva ou neblina apenas uma camisa manga longa não é suficiente, vai ser necessário também o uso de um abrigo.

Cabeça

O mais confortável é a utilização de touca. Atenção! Se for necessario, use touca debaixo do capacete!


Tronco

Evite o uso de blusão de lã, casacos pesados ou varias camisetas ao mesmo tempo, o ideal é a utilização de abrigo impermeável, mesmo em dias sem chuva. Utilize uma camisa de ciclista manga curta ou longa, conforme o frio, e por cima protegendo do vento ou da chuva use o abrigo impermeável. Se o frio estiver muito intenso, use uma blusa térmica também.


Outras dicas de o que é indispensável nas peças para pedaladas:

Capuz  impermeável que possa isolar a cabeça em dias de chuva ou neblina intensa;


Zíper ou sistema de abertura frontal - para você abrir quando estiver mais quente (EX: nas subidas), e para fechar quando estiver mais frio (Ex: nas descidas e na chuva);

Bolso frontal ou na parte traseira para guardar pequenos objetos, energéticos etc.;

Manga longa até bem próximo as mãos, para evitar a entrada de vento e para poder ser fechado pelo cano longo das luvas;

Que mantenha o pescoço protegido, de preferência que feche até bem próximo ao queixo;
Que não seja muito solto, para evitar uma maior resistência no ar, e que não seja muito apertado, para não dificultar os movimentos;

Que seja de material resistente e leve sem forros que retenham água.


Prefira equipamentos de melhor qualidade, mesmo que custem um pouco mais;

E bons pedais, mesmo no frio!!!



WWW.STRONGLIFE.COM.BR

A STRONG LIFE É MARCA DE ROUPAS PARA CICLISMO E UNIFORMES PERSONALIZADOS
CONTATOS:
VENDAS@STRONGLIFE.COM.BR
WHATSAPP: 99711 9191

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Sedentarismo: um problema que mata 5 milhões de pessoas por ano

Sedentarismo: um problema que mata 5 milhões de pessoas por ano Saiba o que é sedentarismo, seus riscos e o que fazer para uma vida mais saudável "O sedentarismo é definido com a falta ou diminuição da atividade física, provocando uma queda do gasto energético diário do indivíduo”, explica Chiara Brandão, cardiologista especializada em medicina do exercício e do esporte. Em números, ela esclarece que, em maior ou menor grau, pode ser considerada sedentária qualquer pessoa que não realize exercícios físicos aeróbicos vigorosos três vezes por semana, ou exercícios moderados cinco vezes por semana. De acordo com a Organização Mundial da Saúde, 150 minutos de atividades físicas por semana seriam o suficiente para tirar uma pessoa do sedentarismo e da zona de risco das doenças associadas a ele. Parece muita coisa? Isso ocorre porque, ao longo do processo evolutivo, nosso corpo se desenvolveu para realizar bastante movimento, pois era isso que garantia nossa sobrevivência. Nã

DICAS PARA PEDALAR NO INVERNO - STRONG LIFE Roupas para Ciclismo

Os médicos garantem: a estação mais fria do ano favorece a queima de calorias e a perda de peso                 O frio chega e a vontade de fazer exercícios some. A disposição dificilmente vence a briga com o termômetro quando as temperaturas caem. O resultado é uma correria danada nos próximos  meses para compensar o tempo de preguiça. E o que você nem desconfiava: você está desperdiçando o melhor período do ano para ganhar saúde e dar um gás no emagrecimento.                       Foto: Cybiker   Confira quais são os 15 principais  motivos que precisam ser lembrados na hora de abandonar o edredom e sair para pedalar.   1-Mantenha  o corpo hidratado. Sempre. Mesmo no inverno o seu corpo necessita de líquido. 2-Agasalhar-se bem. Não corra riscos de ficar gripado após os seus exercícios.              Foto: syla_przylsk   3- Fazer exercício é preciso,  m as acordar de madrugada, não. Opte por horários menos frios. Sair um pouquinho mais tarde

7 coisas fáceis de fazer para tornar-se um ciclista mais rápido

7 coisas fáceis de fazer para tornar-se um ciclista mais rápido Algumas mudanças simples nos seus hábitos e estilo de vida podem torná-lo um ciclista muito mais rápido. Frequentar uma academia, cortar calorias, reduzir a ingestão de líquidos açucarados e adotar algumas rotinas específicas de treinamentos são algumas delas. Listamos as 7 mudanças mais significativas. Contamos com a colaboração de pesquisas, nutricionistas, treinadores e atletas para elencar estas dicas. Aproveite! Elas valem ouro. Beba leite desnatado Você já sabe que você precisa de proteínas para construir os músculos após um treino duro. Isto não é novidade para nenhum ciclista. Um estudo canadense com 56 praticantes descobriu que aqueles que bebiam leite desnatado antes e após o treinamento construíam tecidos musculares mais magros e mais rapidamente do que aqueles que beberam bebidas de proteínas de soja. Torna-se uma bebida perfeita pós treino. Mistura uma xícara de café expresso para dar uma injeção

PORQUE USAR BRETELLE PARA PEDALAR?

  PORQUE USAR BRETELLE PARA PEDALAR?  QUAL A DIFERENÇA ENTRE BRETELLES E BERMUDAS? VOCÊ SABE? BRETELLE PARA CICLISMO Conforto. O bretelle é um equipamento imprescindível para qualquer praticante e não é à toa que se popularizou tanto. Torna o pedal mais confortável, apresentando forro e modelagem justa ao corpo, proporcionando maior liberdade de movimento. Há quem diga que, após experimentar um bretelle de ciclismo, ninguém volta para a bermuda de ciclista. Mas, por outro lado, é comum encontrarmos pessoas que não se adaptam ao bretelle e, portanto, não abrem mão do uso da bermuda. Você sabe qual é a diferença entre essas duas vestimentas para ciclistas e qual se adapta melhor ao seu pedal? Continue lendo esse post para entender melhor sobre esse assunto. Bretelle ou bermuda, qual é melhor? O bretelle, nada mais é que uma bermuda com alças, quase parecendo um suspensório. Seu uso é recomendado para aqueles ciclistas que sentem o elástico da bermuda apertado no quadril ou sentem dores n

PARA QUE SERVE A BANDANA DE CICLISMO?

 PARA QUE SERVE A BANDANA DE CICLISMO? Talvez você não saiba, mas ela é um acessório indispensável para quem pedala. Ela protege diretamente o seu couro cabeludo contra queimaduras solares e sujeira que possa ser projetada na sua direção. A forma mais comum de se utilizar a  bandana  é na cabeça, mas outras maneiras também auxiliam o  ciclista. Primeiramente é bom lembrar que a bandana exerce seu papel principal, entre os esportistas, como barreira de pó e também para absorver o suor. Para quem pratica ciclismo em climas quentes ou muito frios, a bandana se torna algo de grande utilidade.  1- NO CALOR Naqueles momentos de longas pedaladas o que mais incomoda é o fluxo gotejante de suor que cai em direção ao rosto e quase sempre prejudica nosso conforto de visibilidade pela irritação que causa nos olhos. A bandana tem sido um dos acessórios prediletos tendo em vista a proteção do cabelo contra poeira, detritos e insetos, mas também por exercer uma barreira contra o suor para o interior